sábado, 20 de março de 2010

Distância da tropa de choque


 

Os distritais que estão pensando em como conduzir a eleição indireta para o novo governador do Distrito Federal cortaram da lista de possíveis candidatos - e palpiteiros - três parlamentares em especial: Raimundo Ribeiro (PSDB), Batista das Cooperativas (PRP) e Eliana Pedrosa (DEM). Nenhum dos três participou, por exemplo, do almoço de quinta-feira para discutir o assunto. O escanteio está justificado: eles temem que a proximidade dos três com o governador cassado José Roberto Arruda, já que atuaram como uma espécie de tropa de choque no início da crise - possa colocar em risco a campanha contra intervenção federal que tem na eleição indireta sua principal bandeira.


 

Fonte: Blog da Paola

Nenhum comentário:

Postar um comentário