quinta-feira, 18 de junho de 2009

Boteco também é cultura

Cheguei à faculdade no mesmo horário de sempre, caminhei até o laboratório e as luzes apagadas. Então pensei: - Já foram para algum lugar e me esqueceram aqui! Vou reclamar! No trajeto até a sala de aula passei pela lanchonete e lá estavam meus coleguinhas sentados discutindo pra onde ir.

- Vamos para o Morgana´s. Falou Jucilene.

Turma dividida entre os carros, encontros e desencontros. Para alguns onde fica tal lugar, ainda mais numa segunda-feira? Ah! Segunda-Feira, o dia internacional das dietas. Alegrias e frustrações para o time perdedor ou campeão. O dia de quem encontrou um novo amor no final de semana. Dia da semana de recomeço.

Para muitos a segunda-feira é um dia como qualquer outro. E lá estávamos reunidos em frente ao local combinado. Para nossa surpresa e decepção, encontramos fechado. Ficamos esperando o restante dos amigos. Minutos se passaram... Ufa! Apareceram as margaridas! Olé, olé, olá, vamos chegar lá! Onde?

Mais um novo dilema. Para onde iremos à plena segunda-feira à noite? Sei lá! Vamos pensar um pouco... Hoje é o dia internacional da preguiça. Estamos em plena crise econômica. Pouco dinheiro no bolso. E a pergunta que não que calar. O que é crônica meu Deus?

Depois de muitas voltas e a cuca fervendo, encontramos um lugar maneiro. Quadra 28 do Guará II. Meia dúzia de pessoas no local e garçons sedentos por clientes. Recepcionados com grandes sorrisos nos lábios. O grupo sentou-se numa mesa em frente ao barzinho sob a luz do luar. Conversávamos e alguns bebiam cerveja sem álcool.

Pessoas diferentes e o desejo de falar blá, blá, blá. E em meio aos papos sérios não faltavam às risadas, os filas bóias e as tentativas de pagar a conta com 50% de desconto apresentado a carteira estudantil. Afinal estávamos no teatro da vida privada. E o que parecia um encontro de alunos num botequim, transformou-se numa aula com o tema: Crônicas, ministrada pelo jornalista Wilma Lopes. Boteco também é cultura!
Por: Amanda Santos da Silveira Lopes

Um comentário:

  1. Seu blog ficou muito bom.
    Sua crônica é 10!

    ResponderExcluir